Uma vez estagiário, sempre estagiário.

terça-feira, 22 de novembro de 2016

As 48 Leis do Poder - Décima Primeira Lei

Escrito por with 1 comentário

- Chefe, roubaram o meu carro e não sei o que fazer! Estou sem dinheiro e ainda isso me acontece? Era uma das poucas coisas que tinha no meu nome e agora se foi!

Foi assim, que o meu subordinado me interrompeu enquanto estava almoçando no restaurante ao lado da empresa onde trabalhava. Olhei para ele e disse:

- Acalme-se, vou ver o que posso fazer. Vá para a firma e fique lá, diga ao chefe que irei me atrasar para voltar ao serviço.

Terminei o meu macarrão ao pesto e a minha taça de vinho mais rápido do que gostaria, afinal, o sabor da comida daquele lugar era divino. Paguei a conta e fui para a calçada. Peguei meu telefone e comecei a passar por alguns números conhecidos na agenda, e puxando da memória, lembrei de alguns favores que deviam a mim.

Acabei por ligar para um conhecido que ajudei a conseguir emprego em um desmanche de carros na cidade. O trabalho era cansativo, mas para quem está descansado por não haver emprego, era sombra e água fresca. Dei as características do carro e pedi para ele verificar se conseguia rastrear com os contatos que ele tinha. Em menos de meia hora, ele me retornou dizendo onde o carro estava. Pedi o endereço, e dei as informações para o meu subordinado.

Não sei o que ele fez, mas conseguiu o carro dele de volta. Não é problema meu também ter o conhecimento do que ele fez para conseguir o carro de volta, a única coisa que é importante e que deixei claro a ele, é que ele me devia um favor. Simples como a chuva que cai do céu.

Muitos me chamam de vigarista ou ainda de trambiqueiro, somente porque cobro meus favores. O interessante é que quando a recíproca é verdadeira, eles não se chamam desses adjetivos impostos a mim. 

Eu? Sou apenas uma pessoa que gosta das coisas corretas. Se eu faço um favor para você, você faz um favor para mim, e assim podemos viver em paz e tranquilidade, afinal, todos conhecemos pessoas que conhecem pessoas que podem ser interessantes para nós.

Por isso:

APRENDA A MANTER AS PESSOAS DEPENDENTES DE VOCÊ

Um comentário:

  1. Essa lei em especial é muito bem aplicada no mercado de trabalho. Ninguém é insubstituível, mas gerar aquele clima de que "precisam de você" é fundamental.

    Abraços
    [ se puder me colocar nos blogs parceiros, agradeço hehe ]

    ResponderExcluir