Uma vez estagiário, sempre estagiário.

terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

Levanta esta bunda gorda!

Escrito por with 12 comentários
Após as postagens voltadas para finanças e investimentos, hoje volto a falar sobre algumas coisas do cotidiano, e o título da postagem não poderia ser outro senão este, Levanta esta bunda gorda!

O que me motivou a escrever esta postagem foi o fato de ver tantas pessoas comentando algumas frases no Facebook ou Twitter, sobre como a vida delas é difícil... Alguns exemplos:
Não tenho namorado/a. Ninguém me ama.
Estou gordo! Não consigo me olhar no espelho.
Não consigo passar nas minhas matérias da Universidade. Acho que irei largar tudo.
Está difícil arrumar um emprego
Meu emprego é uma merda! Gostaria de poder abrir meu próprio negócio.
Quem aqui nunca ouviu essas frases, seja de um amigo próximo ou de um familiar até um colega de sala ou do serviço? Essas mesmas pessoas reclamam de como a vida delas é difícil, e como elas sofrem para fazer as mais simples atividades.

Mas essas mesmas pessoas quando indagadas sobre o por que não mudam de vida, ficam sem respostas, ou ainda dizem que tem medo de mudar ou alguém ficam imaginando o que as pessoas iriam dizer delas. Dai, entramos em um circulo vicioso, elas não mudam por medo, vêem suas vidas serem gastas em algo que detestam e começam a reclamar sobre tudo.

Gostaria de dizer a essas pessoas que ficam neste ciclo que existem três jeitos para se sair dele:
  1. Pare de reclamar, você escolheu isso então não reclame da sua vida.
  2. Aprenda a gostar da sua vida, já que você não irá mudar nada nela.
  3. Levanta esta sua bunda gorda da cadeira e mude a sua vida, pois se não for você, ninguém irá mudá-la.
Dos três conselhos, acredito que o único que irá fazer com que você não se arrependa no final da sua vida será o terceiro, portanto é sobre ele que irei comentar nesta postagem.

Hoje, o que eu fiz para minha mente? Meu corpo?
Meu espírito? Meus relacionamentos?
Minha criatividade e paixão?
Comentei com vocês sobre minha epifania durante meus trinta minutos de aquecimento. O quanto dói sairmos da nossa zona de conforto. Hoje, depois de mais de um mês, posso dizer que minha vida está muito, mas muito melhor do que antes, pois decidi mudá-la.

Ah, mas você teve sua epifania, por isso que foi fácil para você mudar. Errado! Eu acordei para a vida depois que eu mudei. Eu tive que primeiro dar o passo inicial para depois acordar. Eu busquei isso, eu estou suando minha camisa todos os dias, e mais ninguém, e sou grato por isso.

Não tenho namorada(o).

O que você fez pra conseguir um(a)? Fica na frente do computador, batendo uma todo santo dia, com essa barba horrível, fedendo a carniça e com uma barriga que parece que está derretendo neste calor, e ainda se acha no direito pedir uma namorada? Que tal começar por tomar uma banho todos os dias, entrar em uma academia, perder uns quilos, começar a frequentar lugares sociais para conhecer pessoas novas e então começar uma conversa com uma mulher para possivelmente ela se tornar a sua companheira? Mude você sua vida, e não fique reclamando que não consegue ninguém com esse forma de Dilma no dia da posse.

Estou gordo.

Por isso que existem academias. Ah, mas não gosto de academias. Por isso que você pode fazer a sua própria academia em casa, com treinos calistênicos. Mas eu moro em um apartamento. Compre um tênis de corrida e comece a correr. Mas moro em uma cidade muito movimentada. Corra nos parques. Mas não tenho dinheiro para comprar um tênis de corrida. Então trabalhe, arranje um emprego. Para todos os mas que dizemos sempre temos uma resposta. Mas não tenho pernas. Treina os braços. Mude seus hábitos alimentares. Ficar comendo X-Tudo com 20 litros de refrigerante, além de não lhe ajudar a emagrecer, é um péssimo jeito de se alimentar.

Não consigo passar nas matérias da minha faculdade.

Estude! Ou você acha que indo para festas universitárias e carnavais da vida você conseguirá passar em Cálculo I ? Mas não tem tempo? Sério? O que você faz da meia-noite às seis da manhã? Se você quiser passar na matéria mais do que você quer dormir, então você terá que estudar ao invés de dormir, ponto. Não adianta meu amigo, se você quer passar na matéria vai ter que arranjar tempo para estudar.

Não tenho emprego.

Já disse isso antes, se você não tem emprego é porque está pedindo mais do que o seu currículo pode lhe dar. Você não possui nenhum diploma, só o ensino médio completo e quer entrar como sendo um gerente de produção de uma fábrica, meu amigo... Nunca você conseguirá. Primeiro de tudo, se está precisando de um emprego, comece por procurar por empregos que trabalhe com o físico, como por exemplo, ajudante de empresa de material de construção, garçom, empregada, faxineiro, que são empregos tão dignos quanto qualquer outro. Melhore o seu currículo, faça cursos, workshops, se especialize naquilo que goste. Vá mudando de emprego conforme o seu currículo lhe permite. Agora, se você acha que vai conseguir um emprego sem fazer absolutamente nada, que alguém chegará na sua página do Linkedin e te chamará para trabalhar, você só pode estar brisando.

Odeio o meu emprego.

E por que ainda está nele então? Por conta do dinheiro? Por que tem que sustentar uma casa? Se for por conta do dinheiro, e você possui uma casa para sustentar, faça um colchão de segurança de alguns meses, encontre um outro emprego e se demita, ou se a coisa está muito ruim, demita-se e tente encontrar algum outro emprego que você consiga se manter por um tempo, e vá tentando encontrar aquela profissão que você se encaixe.

Algumas semanas atrás conversei com um amigo meu que estava querendo abrir um restaurante. Tinha guardado um dinheiro e queria abrir um restaurante porque gostava de cozinhar. Largou seu emprego e foi trabalhar como ajudante de cozinha em um grande restaurante na cidade, depois de seis meses, ele largou o emprego, disse que nunca que iria abrir um restaurante, pois o dono dificilmente irá mexer na cozinha e agora está tentando encontrar uma boa universidade de gastronomia para se tornar chefe.

A vida começa no final da sua
zona de conforto.
-Neale Donald Walsch
Não existe mudança se você não sair da sua zona da conforto, ponto. Não há como mudar sem experimentar o gosto do suor, das dores musculares, do cansaço mental, dos novos desafios. Portanto, levante esta sua bunda gorda da cadeira e mude a sua vida.

Hoje em dia as pessoas são muito moles e sente a necessidade de ter um ego inflado nas redes sociais. Acredito estas duas coisas juntas fazem com que elas continuem com suas vidas medíocres, pois elas não mudam por conta de serem moles e devido a isso ganham a atenção reclamando da mesma nas redes sociais.

Por isso que estou aqui com esta postagem. Quero dizer pra vocês uma coisa que acredito que todos saibam, que você não pode fazer com que as pessoas mudem a sua vida, você tem que fazer isso, você precisa fazer isso... Você precisa suar sua camiseta, ler todos os livros necessários e colocar a mão na massa para que você consiga algo melhor do que o que você tem hoje.

Digo isso porque mesmo antes da minha epifania buscava sempre mudar alguma coisa na minha vida, não com tanta veemência que tenho hoje, mas ao menos tentava. Passei de um aluno medíocre do primeiro ano para um estudante em uma faculdade do Canadá. Se eu consegui fazer isso, você também pode conseguir, e muito mais além do que eu conquistei.

O mundo é muito grande para que tenhamos que viver um pesadelo todos os dias. Portanto, se você não está feliz com alguma coisa na sua vida, LEVANTE ESTA SUA BUNDA GORDA E MUDE!

Uta!

12 comentários:

  1. Puta tapa na cara dos reclamões de plantão. Primeiro foi o Rover e o Corey, agora vc que dá essa chacoalhada na galerinha, vcs são nitidamente pessoas de sucesso que se mexeram ou estão se mexendo pra mudar a realidade de visa. Não tem nada de errado em reclamar, mas tem que agir pra mudar. O Rover e o Corey estão insatisfeitos no Brasil mas estão focados em seus planos de emigração, vc agarrou a oportunidade de ter uma experiência no exterior, imagino que seus colegas de faculdade no Brasil devem morrer de inveja de você, mas quantos correram atrás de fazer algo diferente como você fez? São pessoas como você que mudam o mundo pra melhor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anônimo,

      Obrigado. O que eu sempre digo é, sempre fique em movimento... Uma vez que você está em movimento, você percebe como muitas pessoas não estão e perdem a oportunidade de conseguir melhorar a vida, seja qual for a ideia de melhorá-la.

      Hoje, eu percebi isso e estou sempre agarrando as oportunidades que me aparecem na frente.

      Uta!

      Excluir
  2. Bom post, faço uma ressalva somente com relação a namoradas, para se conseguir uma namorada há de se ter um pouco de sorte também, já que boa aparência e sociabilidade ajudam a abrir portas, porém abrem portas para mulheres interessantes e decentes e também para as que são o oposto disso.
    Mas é importante que a pessoas tenha um certo amadurecimento para que tenha condições de fazer escolhas e apostas que realmente tem haver consigo e a partir daí a chances de sucesso aumentam, pena que geralmente para atingir esse amadurecimento leva um certo tempo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo,

      Com certeza você precisa ter sorte, mas existem algumas sortes que você faz. ;)

      Uta!

      Excluir
    2. "Quanto mais eu me esforço, mais sorte eu tenho" - Infelizmente não sei de quem é a frase original, mas desde que comecei a usá-la como mantra, nunca mais me senti azarado. ;)

      Excluir
    3. Só se sente azarado dois tipos de pessoas IC,
      Aqueles que não fazem nada, e aqueles que se esforçam e querem que a sorte já venha de imediato. Ela é como um cavalo selvagem, tem que ter tempo e paciência pra que você consiga conquistar ela.

      Uta!

      Excluir
  3. Eu não perco mais meu tempo em rede social so olho alguma coisa no g+ porque é inevitavel por causa do email.

    nem postando nada no blog eu to mais porque as bichas reclamonas não entendem o que eu faço e só sabem criticar. enquanto isso, to entrando na segunda graduação (para ter uma chance de cair fora do pais) e to enchendo a burra de dinheiro.

    enquanto isso reclamem no buteco tomando cerveja e chorem na cama que é lugar quente. vão tomar no cu e foda-se.

    Seu amigo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Amigo,

      Esqueçam o pessoal que reclama. Foque no que você é bom ;)
      O pessoal reclama, reclama, reclama, mas ninguém muda nada... Enquanto eles reclamam você simplesmente melhora a sua vida. ;)

      Uta!

      Excluir
  4. Ótimo texto estagiário! Eu tive uma espécie de epifania ano passado e por isso iniciei meu blog: para documentar as mudanças e não me deixar desanimar. No final do ano passado, já desanimado novamente e tendo mudado muito pouco, eu tomei um senhor tapa na cara da vida e finalmente comecei a me mexer com mais afinco.

    Eu li o texto que você escreveu sobre sua epifania e me impressionei com o quanto é parecido com o que ocorre comigo, algumas vezes imagino que tenho uma personalidade troll morando dentro da minha cabeça. Depois deste último tapa na cara, ele meio que se fundiu com a minha personalidade e agora as coisas estão caminhando bem melhor, apesar de ainda rolarem provocações esporádicas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. IC,

      Existe uma frase que ouvi uma vez, que diz que, "Não é necessário anos e anos para que se mude sua vida, mas apenas um momento, um vamos lá, eu te amo, vamos começar agora, eu topo, ou coisas assim...". Tive muita sorte de ter a epifânia e hoje posso dizer que pouco tenho em comum com o que eu era antes, pois mudei completamente meu modo de pensar e o meu modo de ver o mundo.

      A vida não dá tempo da gente levantar... Ela sempre está lá, esperando, pra que quando pensarmos que ela está ficando mais mole com a gente, ela virar e dar um soco na boca do estomago, e uma voadora na costela.

      Não diria que temos um Troll em nossa cabeça, mas sim aquela vontade de não sair da zona de conforto. Trato isso dessa maneira, porque não gosto de pensar em outro EU dentro de mim.

      Uta!

      Excluir