Uma vez estagiário, sempre estagiário.

sábado, 21 de junho de 2014

Sobre patriotismo e imigrantes

Escrito por with 4 comentários
Antes de iniciar a discussão, primeiramente gostaria que os leitores doassem quatro minutinhos do seu tempo para ouvir a esta música e lessem sua letra, se possível, analisem bem o clipe que conta um pouco da história dos imigrantes irlandeses nos Estados Unidos e um pouquinho também dos negros americanos.


Coragem

Confira um. Confira um, dois... Essa é que vem em seu aparelho de som

Nascido para um lutador no lado sul profundo. Um colar azul suado, mas não se importou
O custo de uma família significava seu sangue e lágrimas. Quatorze horas em um mundo de mudanças
Sua filha, seu filho, a alegria de sua vida. Eles são tudo o que resta de sua esposa querida
Você suportou o peso com um ar firme. O mundo em torno de você simplesmente não se importava

Coragem, seu nome significa algo para mim. Estes heróis, eles duram no tempo
Coragem, seu nome significa algo para mim. Um campeão da rotina diária

Não por causa de um filme ou uma revista, mas por causa de seu exemplo, você me inspirou
Sacrifício no meio da dor. Você traz uma lágrima ao meu olho quando ouço o seu nome
Você atingiu as praias durante a Segunda Guerra Mundial. Você carregou consigo quando chegou em casa
Todos os dias era uma luta coragem. A alma colorida em um mundo de branco

Coragem, seu nome significa algo para mim. Estes heróis, eles duram no tempo
Coragem, seu nome significa algo para mim. Um campeão da rotina diária
Não por causa de um filme ou uma revista, mas por causa de seu exemplo, você me inspirou
Sacrifício no meio da dor. Você traz uma lágrima ao meu olho quando ouço o seu nome... Vai

Coragem, isso significa alguma coisa para mim. Estes heróis, eles duram no tempo
Coragem, seu nome significa algo para mim. Um campeão da rotina diária

Coragem, seu nome significa algo para mim. Estes heróis, eles duram no tempo
Coragem, seu nome significa algo para mim. Um campeão da rotina diária
Não por causa de um filme ou uma revista, mas por causa de seu exemplo, você me inspirou
Sacrifício no meio da dor. Você traz uma lágrima ao meu olho quando ouço o seu nome


Agradeço aqueles que dedicaram um pouco do tempo para a música e a leitura da letra.

Imigrantes Alemães
Passei por muitas mudanças de pensamento durante minha juventude, mas uma coisa que nunca compreendi é como as pessoas podem ser patriotas ou em algumas situações, nacionalistas?

Sempre pensei da seguinte maneira... Sou descendente de japoneses, italianos e espanhóis, meus bisavós eram imigrantes, todos eles. Vieram para o Brasil por conta de melhores oportunidades ou para fugir da guerra, por conta disso, não amavam tanto o seu país para ficar lá em meio a desgraça. Se eles fossem patriotas, não sairiam do país de onde estavam e consequentemente eu não iria existir. Além disso, nasci no Brasil então em tese, devo amar este país, só porque nasci aqui e não em outro lugar? Pensando deste modo, minha avó paterna deveria amar o Oceano Pacífico, visto que ela nasceu no caminho entre o Japão e o Brasil ? Só eu que não consigo encontrar nexo em ser patriota, sendo descendente de imigrantes?
Imigrantes Espanhóis

Não consigo ser patriota, e acredito que mesmo se morasse em um país de primeiro mundo como Estados Unidos, Canadá, Finlândia ou Noruega, ainda não conseguiria ser, quem dirá nacionalista. O patriotismo de uma nação gera o nacionalismo, que por sua vez leva ao xenofobismo em algumas pessoas. Agora, imagine para um imigrante que larga tudo em seu país natal e tenta construir sua vida em um lugar totalmente diferente e ainda tem que aguentar pessoas que não o querem aqui.

Imigrantes Italianos
Vou comentar um pouco sobre o que meus bisavós paternos passaram entre 1942 a 1945, período em que o Brasil declarou guerra ao eixo. Como todos sabem, o Japão fazia parte do eixo na Segunda Guerra Mundial, por conta disso, o Brasil era contra o Japão. Para quem não sabe, os japoneses começaram a imigrar para o Brasil por volta de 1908, isso significa que já haviam muitas famílias morando por aqui no dito período. Agora, imagine você não podendo falar sua língua natal com outras pessoas da mesma etnia na rua, sua cultura ser totalmente proibida em público, sua religião perseguida e sua família vigiada a todo momento, não se esquecendo da humilhação no trabalho por conta da sua etnia. Tudo isso, porque meus avós nasceram em um país que não era o mesmo onde eles moravam.

Os imigrantes, sejam eles brasileiros em outros países ou povos de outra nação no Brasil são as pessoas mais corajosas que eu conheço, pois abandonam absolutamente tudo para começarem novamente em um local totalmente diferente, com pessoas diferentes, com idiomas diferentes, com cultura diferente. Por conta disso, deixo aqui nesta postagem o meu respeito a todos os imigrantes.

Imigrantes Japoneses

Uta!

4 comentários:

  1. Minha familia é de imigrantes espanhóis e italianos. Todos fugidos da WW I. Também comeram o pão que o diabo amassou quando chegaram aqui. Apesar de que eu concordo que os imigrantes merecem respeito, acho que já passou da hora do Brasil começar a endurecer um pouco mais nesse quesito. Pois como um país com governo assistencialista como o nosso, pode atrair muita gente vindo das vizinhanças mais pobres da américa latina e até da Africa. Complicado um país com tantos problemas abarcar ainda mais pessoas necessitadas. Belo artigo.

    Abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rover,
      Concordo com você que para que um país possa dar apoio social para os imigrantes primeiro deve melhorar o que tem dentro dele para depois receber os povos de fora. Concordo que o Brasil tem as pernas muito abertas para os imigrantes de países pobres, acho que está na hora não de endurecer a entrada, mas sim botar ordem na imigração.

      Uta!

      Excluir
  2. (essa publicidade abrindo bem no meio , é muito chata...)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um teste que estou fazendo, sei que é chatinha :(
      Sorry about that

      Uta!

      Excluir