Uma vez estagiário, sempre estagiário.

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Estagiário Responde 002

Escrito por with 14 comentários

Essa pergunta foi feita pelo leitor Ricardo, acredito que a dúvida dele é de muitas pessoas por isso postarei aqui.


Olá estagiário tudo bem?
Estava lendo as postagens sobre a sua empresa e me interessei muito sobre o assunto... Tenho planos de vender algum produto online, como moro em uma cidade pequena de São Paulo teria como fazer um “Delivery”.
Comprar produtos importados e revender no Brasil é crime?
Outra questão... na cidade que eu moro existe um grande supermercado, porem na pagina online do supermercado não conta um sistema de fazer pedidos online , seria uma boa ideia criar e apresentar o projeto para o dono do supermercado ou abrir uma mercearia pequena já com o sistema?
Fico no aguardo de respostas e ideias !
Abraços.
Olá Ricardo,

Sobre a loja:
Entregar rapidamente para as pessoas da sua cidade seria interessante, mas não foque somente nisso, o e-commerce é algo muito abrangente, por que não vender para todo o Brasil e em especial, criar um sistema de "delivery" destes produtos na sua cidade? Um sistema delivery proporcionaria uma boa vantagem competitiva, porém não se esqueça que você terá que ter alguém de confiança para levar os produtos e sem contar que ainda teria que receber de alguma maneira, e poucas pessoas hoje utilizam dinheiro em espécie, outra possibilidade é criar um sistema de pagamento online para que o cliente pague pela internet e depois que o pagamento for efetuado você leva o produto para a pessoa.

Sobre a importação:
Comprar produtos importados via Ebay ou viajando e depois revender não é crime... DESDE QUE, você pague todos os encargos envolvidos como ICMS e os 60% de imposto que incide sobre os produtos importados. Dica, haja na informalidade no início, tente fazer pedidos menores do que U$50,00 para que você caia na faixa de isenção de imposto o que barateia seus produtos e quando tiver um faturamento razoável crie um MEI ou uma empresa no Simples Nacional e comece a pagar os valores corretos de impostos. Essa recomendação que eu faço é para que você consiga sentir o mercado, se o projeto é uma boa ideia, e se você leva jeito para a coisa. Caso tudo dê errado, você não perderá muito dinheiro.

Sobre o sistema:
Sendo da área de TI, não vejo isso como um "must-have" pois a grande maioria das pessoas que vão nos supermercados preferem ir e verificar pessoalmente o que vão levar ao invés de fazer seus pedidos pela internet. A ideia é muito boa, mas eu acredito que seja interessante você iniciar uma mercearia e implementar este mecanismo, pois caso haja vários usuários, o sistema dará a você uma ótima vantagem competitiva para crescer. Na pior das hipóteses você terá uma mercearia comum, que não é nada ruim, visto que essa fatia do mercado é antigo, mais fácil de controlar e um pouco mais difícil de se ter prejuízos.

Metallica - Fuel
Uta!