Uma vez estagiário, sempre estagiário.

domingo, 9 de dezembro de 2012

O crash de 1929

Escrito por with Sem comentários

O crash de 1929

 Sinopse

Estamos imersos há meses num noticiário monocrítico. A crise das hipotecas americanas, que se alastrou como uma epidemia pela economia globalizada, vem levando gigantes à bancarrota, espalhando pânico nos governantes e uma centelha de dúvidas sobre o futuro das finanças mundiais.
De imediato, um evento ocorrido há 80 anos voltou a ser debatido. A era dourada americana, iniciada ao final da primeira guerra mundial, desaguou na maior crise financeira do século XX. O Crash de 1929 derrubou a libra esterlina, marcou o início da decadência do padrão ouro, e espalhou-se pelo mundo, influenciando regimes políticos como a ascensão nazista na Alemanha.
Neste livro primoroso, Selwyn Parker expõe como diferentes partes do mundo foram afetadas pela crise de 1929, atingindo em cheio a vida de pessoas comuns, nos mais distintos aspectos de suas vidas.
E, por fim, Parker lança as questões que todos nós gostaríamos de responder: Aprendemos algo com 1929? Estamos repetindo os mesmo equívocos?

Comentário Pessoal


O livro tem 418 páginas de pura história, de como a crise de 1929 abalou todo o mundo e afetou todas as pessoas, desde seus investidores em 1929 até os veteranos de guerra na Austrália em 1931/32. É um livro que mostra todos os pormenores e os bastidores totalmente dissertados do que aconteceu com o mundo naquela época. É um livro interessante para pessoas que gostam de explicações detalhadas de eventos históricos. Para mim sinceramente gritei um Aleluia! quando terminei, ele é extenso, dá sono e é chato. Mas isso para mim que sou uma pessoa hiperativa e que gosta de ler enquanto anda. Recomendo a leitura para pessoas que gostam de eventos históricos e que querem saber mais detalhes sobre a maior crise do mundo. Não recomendo para os iniciantes e para os hiperativos, pois sua leitura cansa muito e dá muita preguiça de ler.
Para quem recomendo: Pessoas que gostam de histórias verídicas.
Para quem não recomendo: Pessoas hiperativas e que tem problemas com leituras cansativas.

Livraria Saraiva
Pesquise os preços

0 comentários:

Postar um comentário