Uma vez estagiário, sempre estagiário.

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

WAVES - A Blockchain das Pessoas

Escrito por with 7 comentários
Resultado de imagem para waves ico

Introdução

Todo mundo sabe que a tecnologia blockchain é incrivelmente poderosa, oferecendo grandes benefícios para transferência de valores, compra e venda de tokens peer-to-peer, votação descentralizada, segurança de mensagens e muitas outras aplicações. Porém, a blockchain falhou em ser adotada de maneira abrangente. Os projetistas da WAVES acreditam que sabem alguns dos maiores problemas para isso, e portanto, construíram uma plataforma que pode resolver grande parte dos pontos negativos da integração em massa da blockchain.

Eles não tentaram reinventar o dinheiro, afinal, já existem muitas moedas digitais e fiduciárias que fazem isso. A WAVES não tenta competir com o Bitcoin, afinal, ela sabe que o mesmo já é adotada mundialmente e que muito provavelmente não será trocada tão rápido.

WAVES nada mais é que uma plataforma que permite que seus usuários troquem tokens de valores em uma rede totalmente decentralizada. Isso permite velocidade, segurança e transparência para a blockchain com a estabilidade e adoção das moedas já em circulação. Os diversos gateways que a plataforma possui permitem que seus usuários depositem diversas moedas, e troquem por tokens ou até mesmo por outra moeda.

Em resumo, a WAVES nada mais é que uma plataforma de modelo de exchange sobre a tecnologia blockchain que permite a compra e venda de diversas moedas, inclusive a estocagem de todas elas em apenas uma única conta. Ela possui a capacidade de aceitar gateways de diversas moedas, sejam elas fiduciárias (dólar e euro) ou digitais (bitcoin, ethereum e claro, waves). Por ser baseada na blockchain ela é totalmente descentralizada, permitindo assim que os seus usuários votem nas melhorias e alterações, de maneira democrática e sem hegemonia.

A Plataforma

Você acessa a plataforma WAVES (https://waveswallet.io/), e ao criar sua conta, você cria um endereço para a sua carteira. Ao acessar, uma tela semelhante a essa irá aparecer:



Atualmente, ela possui cinco gateways diferentes, dólares americanos, euro, bitcoin, waves e ethereum.

Nela você também consegue acessar todos os tokens que estão em sua posse:

Inclusive comprar e vender seus tokens na sua própria carteira, sem a necessidade de criar uma nova conta em uma exchange centralizada e que pode vir a ser hackeada.


Mas o mais interessante da WAVES é a sua facilidade de criar tokens dentro da própria plataforma, com o custo de apenas uma WAVES para criar.

Para criar o seu token baseado na plataforma WAVES, basta você colocar o nome, a descrição da moeda, o total de moedas possíveis, a quantidade de casas decimais, se a quantidade total pode ser alterado depois de criado e pronto!

Qual o benefício do token?

Imagine que você precisa fazer uma captação de recursos para um projeto que tem em mente, e gostaria de compartilhar os benefícios com todas as pessoas que te ajudaram. Você cria o token e o distribui para as pessoas que acreditaram no seu projeto para depois poder dar as pessoas os dividendos que o mesmo gerou.

Outra possibilidade. Você cria um site que possui um produto ou serviço e gostaria de chamar a atenção das pessoas para eles começarem a utilizar. Você pode criar um token e distribuir para todas as carteiras de WAVES, colocando na descrição do seu token o link para o seu site, dando a oportunidade das pessoas trocarem o token por um produto ou serviço, gerando assim uma necessidade pelo mesmo e criando valor para ele, além de ser um excelente marketing para um público específico.

As possibilidades são infinitas para esta ferramenta simples e fácil de usar.

Por que investir em WAVES?

Simplicidade

Não existe nenhuma outra opção atualmente que seja tão integrada e fácil de usar como a WAVES.

Limite de Moeda

Cem milhões de WAVES é a quantidade máxima, nada mais, nada a menos. Não existe mineração de novas WAVES, todas elas estão em posse de pessoas e podem ser transacionadas entre elas.

Aluguel da Moeda

Você pode alugar a sua moeda para os Master Nodes (leia-se aqui, nós gerenciadores) que gerenciam e mantém funcionando a rede WAVES. Cada transação feita na rede, é cobrado uma taxa pequena, que é repassada para os Master Nodes que utilizam as moedas em aluguel para processar as transações, gerando assim, uma rentabilidade que é distribuída para todos os usuários que deixaram a suas WAVES alugadas. (Falarei dos Master Nodes em outra postagem).

Ganhos de tokens e rede com alto potencial

Quando você possui uma carteira WAVES com saldo, você recebe alguns tokens que são distribuídos entre os usuários. Muitas vezes esses tokens não possuem valor, mas em outras, podem ser oportunidades escondidas. Outro ponto, é que a rede possui um excelente potencial, haja visto que pela sua fácil manipulação, novos projetos podem emergir e você pode se beneficiar com isso.

E ai? Partiu fazer parte da WAVES?

Uta!

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Breve, artigo para leigos sobre a moeda Waves

Escrito por with 13 comentários
Resultado de imagem para WAVES ico

Caros leitores, está saindo do forno uma postagem com todas as infos que você precisa saber sobre a moeda digital WAVES. Nela irei comentar desde sua ideia principal, especificações, e como fazer para utilizá-la.



quinta-feira, 20 de julho de 2017

Aquisições de moedas digitais - ANS, DCR, PIVX, WAVES, XRP, FTC e ZXC

Escrito por with 14 comentários

Aproveitei essa sangria que tivemos nas moedas digitais devido a indecisão do mercado com o Bitcoin para adquirir mais algumas moedas digitais.


MoedaPreço Médio (BTC)
ANS0,00273057
PIVX0,00081157
WAVES0,00075105
DCR0,01194048
XRP0.00007850
FTC0,00002040
ZXC0,00301752

O mercado está muito indeciso, e nos últimos dois dias, reverteu as quedas para uma tendência de valorização. Os próximos dias serão decisivos para as moedas digitais devido a implantação das Segwits na moeda digital principal, e também por conta de algumas novidades em certas moedas.

Quem tem coração fraco, está quase infartando neste último mês.

Uta!

sexta-feira, 7 de julho de 2017

Aquisições de moedas digitais - WAVES - PIVX - DCR e ANS

Escrito por with 4 comentários
Pois bem, ando comentando, colocando alguns artigos, mostrando as novas tecnologias e as oportunidades que temos em mãos. Hoje vou comentar sobre algumas aquisições que fiz nestes meses de algumas moedas digitais.

Pois bem, primeiramente quero deixar claro que, não estou dizendo para ninguém investir, muito menos retirar dinheiro de outros lugares para aportar nas moedas que eu comprei, afinal, este é um setor muitíssimo novo e volátil, onde a volatilidade pode chegar a 30 porcento para mais ou para menos em questão de um dia.

Dito isso, agora vamos aos comentários sobre as compras. Fiz algumas aquisições vendo não somente o preço das moedas, mas também a trilha dos próximos passos, além claro, de saber se a comunidade da moeda é ativa, e se os desenvolvedores estão alterando o código nos últimos tempos, mostrando assim que a moeda está em constante desenvolvimento.

Adquiri quatro moedas alternativas, uma a uns três meses atrás e outras três na última semana. São elas:
  1. ANTSHARES (ANS) - Preço Médio de 0,00281464 BTC
  2. DECRED (DCR) - Preço Médio de 0,1273173 BTC
  3. PIVX (PIVX) - Preço Médio de 0,00088470 BTC
  4. WAVES (WAVES) - Preço Médio de 0,00050295 BTC
Está última eu adquiri em um momento muito bom, onde estou conseguindo retirar mais de 200% de lucro nela, entretanto, minha intenção não é vender no curto prazo, mas sim, manter as alocações por um tempo de no mínimo de seis meses, a fim de verificar como será o desenvolvimento da moeda ou token.

Vale lembrar que amargar 90% ou celebrar ganhos de 1.000% neste segmento é muito comum, devido a ser algo inovador e ter tanto moedas com excelente perspectiva, quanto moedas que escondem pirâmides por de trás dos panos.

Uta!

quarta-feira, 5 de julho de 2017

Implantação de Bitcoins em mais de 260 mil lojas no Japão

Escrito por with Sem comentários

E mais uma vez o Japão toma a frente quando o assunto é Bitcoins. Depois de quase três meses de parceria entre a Coincheck e a Recruit Lifestyle, a empresa acabou de anunciar que seu aplicativo de ponto de venda está aceitando Bitcoins. 

Para fazer o pagamento, os clientes simplesmente irão digitar o código de barras exibido no aplicativo, ou escanear o QRCode com todos os dados necessários.

A empresa de óculos Megane Super, com mais de 334 lojas espalhadas pelo Japão, foi a primeira grande empresa a aceitar Bitcoins utilizando o aplicativo Air Regi. Entretanto mais de 260 mil lojas começarão a utilizar os Bitcoins através de aplicativos de pagamentos.

A aceitação das moedas digitais está aumentando a cada dia, e você não pode ficar de fora desta revolução, ainda mais se você for um investidor.

segunda-feira, 3 de julho de 2017

Polybius chega a marca de 25 milhões de dólares na sua ICO

Escrito por with Sem comentários


O primeiro banco europeu especializado em serviços financeiros para empresas que lidam com criptografia e cadeia de blocos em todo o mundo, o chamado Polybius, está na reta final de lançamento e já supera os 25 milhões de dólares.

O Polybius Bank fornecerá serviços bancários tradicionais a pessoas físicas e jurídicas que usam tecnologias de cadeias de blocos e trabalham com start-ups e projetos de cadeias de blocos em criptografia.

Os bancos tradicionais geralmente desconfiam de projetos que envolvem criptografia, recusando-se a atendê-los ou a cobrar taxas para eles como clientes arriscados. O Polybius Bank é fundado por pessoas familiarizadas com as especificidades do negócio de criptografia e oferecerá uma abordagem individual e ambiente confortável para empresas que lidam com criptografia e cadeia de blocos.

O Polybius Bank também fornecerá serviços como crédito garantido por moedas digitais, criação de carteiras de investimentos baseadas em criptografia e identificação pessoal através da tecnologia blockchain para atender às necessidades de organizações públicas e privadas.

Ivan Turygin, co-fundador da Fundação Polybius, explica a demanda por um banco que lida com empresas criptográficas, pelo conservadorismo de instituições de crédito tradicionais:

"Pela primeira vez, enfrentamos uma falta de compreensão dos bancos tradicionais há três anos quando comercializamos equipamentos de mineração e tentamos abrir uma conta em um dos bancos da Estônia. Como se verificou, o medo e o mal entendimento dos bancos sobre o bitcoin eram tão sérios, que eles preferiam negar isso em vez de entender o problema para distinguir um negócio legítimo de empresas duvidosas ".

A ideia de estabelecer um banco para ser amigável com as empresas que operam no campo das tecnologias blockchain e do negócio de criptografia foi desenvolvida desde 2016 e, no início de 2017, foi criada a Fundação Polybius.

CryptoPay, um grande serviço de pagamentos por criptografia, HashCoins, desenvolvedor de soluções de cadeias de blocos e AmbiSafe, desenvolvedor de contratos inteligentes Ethereum, em cooperação com especialistas líderes de organizações bancárias globais que fornecem um nível requerido de expertise legal e financeira, estão envolvidos na Estabelecimento do Banco Polybius.


Japão irá testar Blockchain para Sistema de Contratos Governamentais

Escrito por with 2 comentários

O Japão está analisando a possibilidade de integrar o blockchain em seu sistema online para contratos governamentais. A Nikkei Asian Review disse que o Ministério dos Assuntos Internos e das Comunicações que supervisiona o sistema de administração japonês, além de administrar os governos locais, testará um sistema baseado na blockchain para processar as propostas governamentais no ano fiscal a partir do meio do ano que vem.

Na licitação, as partes do governo solicitam ofertas de contratos de fornecedores, coletando uma lista de informações dessas empresas, na medida em que avaliam a quem irão fazer os projetos. Funcionários japoneses querem ver se a blockchain pode ajudar a melhorar a eficiência dos processos existentes usando a tecnologia para conectar os escritórios governamentais que possuem a informação necessária. Nesse caso, a blockchain seria parte desse sistema backend para compartilhar dados entre agências, se implementado.

O mercado de compras governamentais japonesas, o governo tem gasto mais de US $ 600 bilhões por ano - valor de 16,2% do PIB do país e 38,3% de suas despesas totais do setor público - de acordo com pesquisas da Organização de Cooperação e Desenvolvimento Econômico.

O foco na aquisição faz parte de uma estratégia mais ampla para incorporar a tecnologia nos sistemas de governo eletrônico, de acordo com Nikkei. Prevê-se que planos futuros incluam a partilha de algumas das conclusões do julgamento com parceiros do setor privado.

O Japão não está sozinho ao testar esta área de casos de uso. A Administração de Serviços Gerais dos EUA está buscando propostas de protótipo em uma tentativa de ver como a cadeia de blocos poderia melhorar seu processo de revisão de contrato para fornecedores de TI.

E você ainda achando que está tecnologia está fadada ao fracasso.

quarta-feira, 7 de junho de 2017

O motivo pelo qual comecei a investir em moedas digitais

Escrito por with 16 comentários
Com meus vinte anos comecei a investir na bolsa brasileira. Fiz uma pausa após ir para a intercâmbio e depois que voltei, foquei totalmente a minha atenção nas moedas digitais.

A pergunta principal é por quê?

Vamos então a alguns dos motivos.

Liberdade

Odeio das satisfação do quanto ganho ou deixo de ganhar para o fisco e também, se algo acontecer no Brasil, quero a liquidez de ter o meu dinheiro de maneira rápida em qualquer lugar do mundo. Com as moedas digitais tenho a liberdade de conseguir liquidez em qualquer país, sem riscos de congelamento de conta ou problemas que podem ser causados pelos banco centrais de qualquer país.

Nova Tecnologia com Altos Potenciais

Quando uma tecnologia é muito nova, ou muito revolucionária, ela tende a ser menosprezada. Porém, quando as pessoas quebram o paradigma e ela começa a emergir e a tomar grandes proporções, ela começa a ser utilizada e sair do anonimato. A partir do momento que ela se torna largamente utilizada, seu valor explode e dai começa a procura desenfreada pela mesma. É o que está acontecendo ultimamente com as moedas digitais.Em junho de 2013 o valor das moedas digitais eram, somadas, 1,3 bilhões de dólares, em junho do ano passado, o valor passou para mais de 10 bilhões de dólares e agora alcançou a marca de 100 bilhões.

Diversas empresas de dezenas de segmentos estão utilizando as moedas digitais para centenas de fins diferentes, alguns para agilizar transferências bancárias entre países, outras, para criarem uma rede de contratos inteligentes, outras ainda, para criar um grande sistema de base de dados descentralizados para armazenamento de qualquer coisa digital.

Velocidade

Em questão de alguns cliques, posso comprar ou até mesmo transferir dinheiro da minha conta para outra pessoa em qualquer lugar do mundo, e em pouco mais de alguns minutos, este dinheiro estar nas mãos delas. Sem burocracia, sem nenhuma regulamentação e sem crise. Posso encriptar minha carteira, colocar em meu celular, email ou até mesmo um pendrive, ir para qualquer lugar do mundo, baixar a carteira e configurá-la para ter acesso ao meu dinheiro, de maneira simples e rápida.

Hoje, existem casas de câmbio em quase todas as moedas fiduciárias existentes que trocam as moedas digitais por dinheiro. Além disso, se quiser ficar no anonimato, basta simplesmente trocar entre pessoas, evitando a relação entre o seu CPF com a carteira da moeda digital.

Em Resumo...

Sou um entusiasta com novas tecnologias e encontrei nas moedas digitais o melhor dos dois mundos, um lugar para poder investir com altos potenciais e que me deixe excitado por ser algo novo e uma tecnologia que está engatinhando e que será o motivo de uma grande mudança talvez, nas próximas décadas.

Uta!

quinta-feira, 1 de junho de 2017

CoinBR a carteira brasileira de Bitcoins que não cobra taxas

Escrito por with 29 comentários
Nos últimos meses tem-se visto um aumento exponencial de transações na rede de Bitcoins. Por conta disso, a rede ficou congestionada e transações que eram para durar alguns minutos, chegaram a ficar pendentes por horas e até mesmo dias.

Para contornar este problema, muitas carteiras aumentaram o custo de transação para que elas conseguissem passar na frente das demais e assim fossem processadas mais rápido.

O problema é que muitas delas, após o descongestionamento da rede, não voltaram aos valores anteriores. Por conta disso, alterei a minha carteira online da XAPO para a CoinBR, que além de ser uma empresa brasileira, não cobra taxas de transação além de possuir algumas facilidades como, compra e venda Bitcoins pela própria carteira, além de pagar boletos e colocar crédito no celular utilizando os Bitcoins em carteira. Ah, não posso esquecer também que ela possui uma outra moeda digital, a ZCash.

Caso esteja interessado em abrir uma conta, grátis e sem cadastramento de CPF, basta clicar aqui. Até o momento estou gostando da carteira, apesar de ser um tanto quanto não intuitiva para depositar e sacar os Bitcoins nas primeiras vezes, entretanto, nada que a utilização por um tempo, não resolva.

Fica ai a dica para vocês.

quarta-feira, 17 de maio de 2017

O ataque ransomware e a relação com Bitcoins

Escrito por with Sem comentários
Nas últimas semanas têm-se falado muito do ataque ransomware que se espalhou pela internet.

Duvido que ninguém tenha tido ciência sobre a notícia, mas, para contextualizar...

O ataque hacker aconteceu em todos os países, onde um vírus ransomware, vírus que encripta seus dados e só devolve os mesmos depois que pagar um resgate, onde diversos computadores foram infectados. Para que seus dados voltem ao normal, era necessário o pagamento de um determinado valor de resgate, utilizando como meio de pagamento a moeda digital, Bitcoin!

Mas por que eles estavam querendo o pagamento em Bitcoins? Simples! A moeda preserva o anonimato e hoje, muitas pessoas conseguem transformar moedas fiduciárias nacionais em moedas digitais através das exchanges existentes. Como existe esta facilidade da moeda ser aceita mundialmente, é comum que haja ataques pedindo dinheiro em moedas digitais.

Até o presente momento cinquenta mil dólares foram pagos aos criminosos para que houvesse o resgate dos dados.

Mas como isso é possível, sendo que com os Bitcoins você preserva seu anonimato?

Os Bitcoins preservam seu anonimato, pois não vinculam o seu CPF ou qualquer outro documento de identidade na sua carteira, como por exemplo, um banco ou uma casa de câmbio, mas os Bitcoins na sua carteira podem ser rastreados desde a sua mineração até o momento atual, por isso é possível saber o valor pago aos hackers.

Ah, então é só as autoridades ficarem de olho nas carteiras.

Não é bem assim. Existem sites como o coinmixer que pega os Bitcoins de diversas carteiras de diversas pessoas, e fica transacionando milhares de vezes entre carteiras a fim de se lavar o dinheiro. Ou seja, eles transacionam seus Bitcoins em várias carteiras diferentes dando a você o valor final em outra carteira qualquer. De maneira geral, você coloca no sistema a quantidade de criptomoeda e uma carteira limpa, que será enviado o valor entretanto, de outras milhares de carteiras diferentes.

As moedas digitais são ótimas quando utilizadas para o bem. Elas não devem alterar o seu modelo porque alguém as utiliza de maneira ilícita, isso seria como proibir os carros porque tem gente que se acidenta bêbado. Apesar disso, dar um marketing negativo as criptomoedas, lembre-se... Elas serão o futuro da economia globalizada.

Uta!